Press "Enter" to skip to content

Sentinela do Norte: A Ilha da morte, um paraíso infernal. Jamais quererás visitar esta ilha, vê porquê

É considerada a ilha mais remota do mundo: quem pisar a praia da Sentinela do Norte corre perigo de vida. Este povo indiano não quer contacto com o exterior e a floresta nunca foi explorada.

Há uma ilha no Oceano Índico, a este do Golfo de Bengala, onde nenhum forasteiro é bem-vindo: quem se aproxima da costa arrisca a vida. Apesar de ser habitada há 60 mil anos, a Ilha Sentinela do Norte está de portas fechadas para o mundo moderno: o seu povo prefere continuar a viver isolado, com armas rudimentares e modos violentos.

Screen Shot 2015-07-07 at 16.12.51

A agressividade deste povo é tão grande que o governo da Índia, país ao qual a ilha pertence, viu-se obrigado a delinear um perímetro de segurança de três milhas em redor da mesma, conta o ABC. É algo que pertence à cultura do povo: no século XVIII, um navio mercantil ficou preso num banco de areia junto à ilha e todos os 106 tripulantes foram atacados pelos habitantes da Sentinela do Norte, mas escaparam à morte graças às operações de resgate organizadas pouco depois, explica o Neatorama.

Depois do grande tsunami de 2004 no Pacífico, foram enviados meios aéreos para sobrevoar a ilha e tentar perceber o impacto em Sentinela do Norte. Mas foram recebidos com lanças de fogo e pedras, levando por isso o governo a tomar a decisão de manter a ilha isolada conforme a vontade da população local.

O comportamento deste povo durante o tsunami fez crer que estaria preparado para o desastre, informa o site dedicado à ilha: os habitantes dirigiram-se para o centro da ilha, na tentativa de fugir às ondas. E tudo indica que é precisamente a falta de comunicação com outros povos que lhes permite sobreviver, já que as tribos que existiam nos arredores acabaram extintas à medida que outros povos foram entrando pelos seus territórios.

Além disso, os muitos milhares de anos de isolamento completo podem ser também um perigo para os locais. Não criaram imunidade a doenças consideradas normais e comuns para a maioria e qualquer contacto com forasteiros pode ser fatal.

Em 2006, alguns pescadores britânicos ilegais desafiaram a lei indiana e atravessaram o perímetro de segurança. Conseguiram mesmo alcançar a costa, mas terão sido mortos pelos habitantes (há outra teoria, a de que não terão sobrevivido às condições naturais e aos animais predadores), uma prova da hostilidade destes indígenas e do quão determinados estão em não manter contacto com o exterior, escreve o ABC.

Este pode ser o povo mais isolado do mundo, na ilha mais virgem do planeta. Os habitantes da Ilha Sentinela do Norte impossibilitaram até aqui que se estudassem os seus costumes, idioma, rituais e tradições: sabe-se apenas que andam nus e que usam armas de pedra e madeira, o que lhes valeu a alcunha de “povo da Idade da Pedra”.

Comem essencialmente frutos das árvores e peixe, cuja variedade é muito rica nestas águas rodeadas de corais. São os corais que mantêm os barcos longe da costa e ajudam o povo de Sentinela do Norte a assegurar o isolamento. Existe também a possibilidade de serem canibais, uma teoria que é suportada pelo facto de os povos extintos que habitavam noutras ilhas desta região usarem ossos humanos como bijuteria. Mas nada disto pode ser comprovado.

A ilha nunca foi explorada. As imagens que existem foram captadas por satélite ou então por aventureiros que se aproximam da costa, arriscando a vida.

Fonte: Observador

É muito difícil acreditar que nos dias de hoje ainda existam pessoas que vivem isoladas em determinados lugares e nunca viram uma televisão, telefone, computador e tudo que foi criado pelo homem moderno. Na Ilha Sentinela do Norte você encontrará pessoas assim, mas cuidado!

A ILHA PROIBIDA

Essa ilha fica localizada no arquipélago de Andamã e Nicobar no Oceano Índico e pertence a Índia. É uma das ilhas mais antigas do planeta e onde estão localizados uma das tribos menos amistosas desse mundo, a tribo dos Sentineleses. Eles foram considerados um dos povos mais hostis do planeta pelo fato de não aceitarem nenhum contato externo, pessoas e cientistas que tentaram acessar a ilha foram mortos sem piedade. Em 2004 após o Tsunami que varreu aquela região, a Índia mandou um helicóptero de apoio para ilha, afim de socorrer algumas vitimas e levar suprimentos, nada bom, o helicóptero foi recebido com flechadas e não pode cumprir a missão. Isso faz com que a Ilha Sentinela do Norte seja a menos acessível e mais difícil de se conhecer no mundo.

Foto: Christian Caron

Foto: Christian Caron

Foto: Autor desconhecido
Foto: Autor desconhecido

O comportamento dessa tribo ainda é um mistério para os pesquisadores, não se sabe ao certo quantos existem, como foram parar ali ou que língua falam e como a ilha é uma densa mata fechada não dá pra ver como são suas moradias. O que se sabe é que eles não são cultivadores, vivem do alimento que a ilha fornece, como peixes e frutas e podem ser descendentes dos primeiros povos que surgiram na África e migraram para outras regiões há mais de 65 mil anos, ou seja, 35 mil anos antes da última era glacial, 55 mil anos antes de os grandes mamutes desapareceram da América do Norte e 62 mil anos antes de os antigos egípcios construíram as pirâmides de Gizé.

Com tantas tentativas de contato fracassadas a Índia decidiu isolar a ilha para que ninguém chegue perto, tanto propositalmente como acidentalmente. Para isso o a Marinha Indiana patrulha aquelas águas e existe um limite, a pessoa não pode chegar mais perto do que 3 milhas da costa da ilha, mas ainda sim alguns acidentes acontecem. Em 2006 2 pescadores atracaram seu barco na ilha para pescar, foram recebidos com flechadas e mortos.

Foto: Guarda Costeira Indiana
Foto: Guarda Costeira Indiana

HISTÓRIAS

Em 1869 um presidiário de uma penitenciária Britânica do Arquipélago de Andamã fugiu e ficou à deriva no mar por alguns dias. Ele acabou indo para acidentalmente na ilha, onde foi recebido de forma cruel. Poucos dias depois o seu corpo foi encontrado na praia da ilha totalmente perfurado com flechas e com a garganta cortada.

Em 1981 um cargueiro de Hong Kong chamado Primorse encalhou no recife de corais de uma ilha. Para o comandante uma ilha normal, porém deserta, nada com que se preocupar. Depois de mandar um rádio o capitão e a tripulação aguardaram por alguns dias o resgate, eles decidiram esperar o resgate no cargueiro do que na praia pois as ondas estavam um pouco grandes, ou talvez desconfiaram que aquela ilha seria a Sentinela do Norte. Algum tempo depois o vigia do cargueiro avistou na praia um grupo de 50 pessoas negras, a principio eles acharam que seria o resgate, mas quando perceberam o grupo estava nú e armados com lanças e flechas.Eles estavam na praia construindo algumas canoas para alcançar o cargueiro. A tripulação entrou em desespero e mandou um outro sinal de rádio, pouco tempo depois um helicóptero de resgate levou todos do cargueiro.

Foto: Capitão Robert Fore
Foto: Capitão Robert Fore

VISITAS A ILHA SENTINELA DO NORTE

Como dito acima é proibido chegar mais perto que 3 milhas da ilha, mas não é impossível avistá-la. Caso você seja corajoso pode viajar até Port Blair, a capital das ilhas Andamã e lá contratar um barqueiro para te levar até próximo a ilha.

Retirado de tolongedecasa

loading...

Partilhe no seu seu Facebook:


Utilizamos cookies para assegurar que lhe fornecemos a melhor experiência na nossa página web. Se continuar a utilizar esta página pressupomos que está feliz por a utilizar.

Política de Privacidade | Alguns conteúdos são de awebic, incrivel, historiascomvalor entre outros