Conhece o caso do condenado que sobreviveu a 18 injeções letais nos EUA

Você já imaginou o que é uma pessoa tentar matar você 18 vezes aplicando um liquido mortal? E se ela não conseguisse?! É difícil de acreditar, porém foi isso mesmo que aconteceu com um condenado à morte nos Estados Unidos, o fato aconteceu em 2009, e o apenado está recorrendo à Suprema Corte do país para evitar que a pena seja executada novamente.

O condenado à morte se chama Romell Broom, tem 62 anos e recebeu a sentença de morte por seqüestrar, abusar e matar uma adolescente de 14 anos chamada Tryna Middleton, o crime aconteceu em 1984 East Cleveland, em Ohio. Romell ficou à espera do julgamento até 2009, período em que ele perdeu o julgamento e teve a pena confirmada.

Como uma pessoa conseguiria sobreviver a tantas injeções letais? Pra ser mais preciso: 18 injeções. Simples, no dia em que foram aplicar a injeção, não conseguiram encontrar a veia e aplicar o liquido no corpo dele. O governador de Ohio deu um prazo de sete dias, e Rommel voltou à cela.

A execução falha ocasionou em um novo julgamento entre a Procuradoria e a defesa dele. A Suprema Corte acatou os argumentos dos advogados de Broom, eles alegaram que uma segunda tentativa de execução seria algo inconstitucional e o resultado seria uma punição extremamente cruel e incomum, o condenado está à espera de um recurso.