Portugal vence contra Rússia. Vê o golaço de Cristiano Ronaldo

Portugal enfrentou hoje a Rússia na Taça das Confederações e não foi preciso muito tempo para o marcador na equipa portuguesa aumentar, aos 8 minutos Cristiano Ronaldo marcou um golaço.

Recebe uma bola bastante alta mas encaixou perfeitamente de cabeça para o golo que deu a vitória a Portugal.

Este foi o único golo da partida, Rússia 0 – 1 Portugal.

O próximo jogo está agendado para 24 de Junho, com a Nova Zelândia.

https://www.youtube.com/watch?v=HXC6Qcl1IXU

Andreia Machado surge provocante

Andreia Machado sempre deu que falar pela sua personalidade forte de quem não tem medo de desafios. No Love On Top, reality show de que fez parte, a $tripper mostrou não ter tabus no que toca ao corpo.

Desta forma, Andreia Machado publicou recentemente uma fotografia nas redes sociais onde surge apenas de ling€rie.

A morena que está grávida de Ítalo Lima escreveu na legenda:

“Há chances que o tempo doa para quem quer 🙏 não vou desperdiçar nem mais um minuto, não vou procurar a felicidade vou deixar que ela me encontre 😘”.

Será esta descrição a pensar em Ítalo e o facto de os dois estarem separados? A verdade é que, embora não mantenham uma relação, o ex-casal tem mantido uma amizade próxima. Saiba mais sobre a proximidade dos ex-concorrentes da mansão do amor na revista Maria que está em bancas.

ver foto

Júlia Pinheiro “não nos estão a contar tudo” (Incêndio Pedrógão Grande)

“Júlia Pinheiro mostrou-se muito indignada esta terça-feira, dia 20, no seu programa da SIC em relação às informações a que os cidadãos têm tido acesso em relação ao flagelo de Pedrógão Grande.

A apresentadora, que esteve segunda-feira no local da tragédia juntamente com Hernâni Carvalho, afirmou:

“Não nos estão a contar tudo! Quando começamos a fazer as contas o número de mortos é muito mais elevado do que aquele que temos conhecimento”.

Hernâni acrescentou:

“a PJ não sai do terreno porque é preciso confirmar identidades e ir a sítios que ainda não foi”.

Oficialmente, as autoridades confirmaram 64 mortos e 135 feridos naquele que já é o incêndio mais mortífero de que há memória em Portugal. Contudo, ainda há muitos desaparecidos que ainda não foram encontrados.”

in maria.pt

Proteção Civil: “Não temos qualquer confirmação de queda de aeronave”

A notícia após ter sido confirmada acabou por ser desmentida mais tarde. Felizmente nenhum avião terá caído.

“A Proteção Civil diz que não tem qualquer confirmação relativamente à queda de uma aeronave em Pedrógão Grande. Em declarações aos jornalistas, no posto de comando de Avelar, o comandante Vaz Pinto garantiu que todos os meios aéreos ao serviço da Proteção Civil estão a operar, desmentindo uma informação que tinha sido divulgada anteriormente pela própria Proteção Civil.

Não temos qualquer confirmação de queda de aeronave. (…) Não há nenhuma aeronave ao serviço da Proteção Civil que tenha caído”, vincou o comandante Vaz Pinto, em declarações aos jornalistas.

O comandante esclareceu que perante informações que davam conta da queda de um aparelho em Pedrógão Grande, foram mobilizados meios para o local, mas que não foi encontrada nenhuma aeronave

A notícia chegou a este Posto de Comando e de imediato foram despachados os meios de socorro e de busca para o local. (…) Todos os meios aéreos contratados pela Autoridade Nacional de Proteção Civil a operar em território nacional não caiu nenhuma.”

Populares relataram que ouviram um “grande estrondo no local”. O responsável afirmou ainda que o estrondo ouvido naquela localidade pode ter tido origem numa “roulote abandonada com botijas de gás que eventualmente pode ter explodido”. Apesar das várias teorias, os meios de busca estão no local para tentar confirmar o que aconteceu na zona.

O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, também já garantiu que “não houve qualquer acidente com meio aéreo a operar em Portugal”.

Ao que a TVI24 conseguiu apurar em Louriçal, um avião pode ter feito uma aterragem ou manobra de emergência no local.

Durante a tarde, uma fonte da Autoridade Nacional de Proteção Civil tinha informado que um avião Canadair de combate aos incêndios, que operava no fogo de Pedrógão Grande, tinha caído.

O Gabinete de Prevenção e Investigação de Acidentes com Aeronaves e de Acidentes Ferroviários (GPIAAF) indicou à Lusa que foi informado da queda da aeronave na zona de Pedrógão Grande, acrescentado que uma equipa deste organismo se ia deslocar para o local para, em conjunto com a Proteção Civil, proceder às operações.

As informações indicavam que o avião se tinha despenhado na zona de Ouzenda, Pedrógão Grande.

Fonte da Proteção Civil indicou à Lusa que estava a caminho do local um helicóptero do INEM.

Um helicóptero EH 101 da Força Aérea Portuguesa (FAP) de busca e salvamento também foi ativado para participar nas operações. Fonte da FAP indicou à Lusa que o EH 101 ia descolar da Base Aérea N.º6, no Montijo.

Uma dezena de veículos dos bombeiros concentraram-se junto de um posto de combustível, na localidade de Picha, em Pedrógão Grande, a alguns metros de onde alegadamente teria caido o avião.

O avião teria caído entre as localidades de Picha e Louriceira, numa encosta onde as chamas lavram com grande intensidade como é visível pelo fumo negro, constatou a Lusa no local.

Segundo moradores da zona, vários aviões descarregaram cargas de água na zona para tentar chegar ao local.

No local, elementos da Guarda Nacional Republicana (GNR) ordenaram a saída dos jornalistas.

As ordens que tenho são para retirar a comunicação social e não os moradores”, disse a GNR no terreno.

O fogo que, desde sábado, lavra no concelho de Pedrógão Grande, distrito de Leiria, já levou à evacuação de 13 aldeias na zona Este do incêndio, segundo fonte da Proteção Civil. O incêndio já provocou 64 mortos.”

Fonte da notícia inicial / atualizada